domingo, 21 de setembro de 2014

Setembro Verde: pare, pense e execute


Conhecido como mês das flores, setembro marca a chegada da primavera e antecede as férias de verão. A época também é propícia para refletirmos sobre a atuação ambiental e repensarmos nosso papel enquanto cidadãos. Em um intervalo de dez dias, o mês traz três eventos importantes: os dias de Proteção da Camada de Ozônio (16), da Árvore (21) e o Dia Mundial Sem Carro (22). Eles foram criados para reforçar a importância de uma vida mais sustentável e estimular a adoção de ações simples e eficazes que possam reverter o cenário da degradação do meio ambiente das últimas décadas.

Nos últimos 20 anos, por exemplo, o brasileiro demonstra estar mais preocupado com as questões relacionadas à sustentabilidade. Entretanto, há um longo caminho pela frente. As três comemorações de setembro são essenciais para mudar o comportamento das pessoas e inserir o conceito de vez na sociedade. Estamos chegando a uma encruzilhada e temos que definir novas ações rapidamente. É preciso parar, pensar e executar. Veja como:

PARE!

O problema relacionado à camada de ozônio não é novo. Desde a década de 70 a ação humana destrutiva e a utilização de vários gases na produção industrial (como o clorofluorcarboneto, presente em muitos aerossóis) contribuíram para o agravamento da questão. No dia 16 de setembro de 1987 foi ratificado o Protocolo de Montreal para reverter esse cenário e, desde então, a data marca o aniversário de proteção internacional. A sociedade precisa interromper a emissão de gases poluentes que destroem ozônio urgentemente. Caso contrário, a consequência será catastrófica: de acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), cerca de 1% de perda da camada causa 50 mil novos casos de câncer de pele e 100 mil novos casos de cegueira por conta da catarata em todo o mundo.

PENSE!

Iniciativa criada na França em 1997 e disseminada por todo o mundo nos anos 2000, o Dia Mundial sem Carro acontece anualmente em 22 de setembro para propor uma reflexão sobre o uso excessivo dos automóveis. A conta é simples: quanto mais veículos nas ruas, maior a emissão de gás carbônico proveniente dos combustíveis fósseis. A iniciativa propõe refletir se precisamos andar tanto de carro ou se poderíamos fazer mais trajetos de bicicleta, por exemplo.

EXECUTE!

No dia 21 de setembro, o Brasil também comemora o Dia da Árvore para celebrar o início da primavera. A data foi instituída pelo presidente Castelo Branco em 1965 devido à importância que a flora possui para os seres vivos. Uma árvore, sozinha, absorve até 180 quilos de dióxido de carbono por ano e 250 litros de água, evitando enchentes. Plantar árvores é uma ação simples e eficaz que contribui diretamente na luta contra a degradação ambiental do planeta.

 Vagner Luis é Diretor Executivo da GreenClick, , empresa que contribui com a neutralização da emissão de CO2 no país.

Fonte: EcoD.


CEPRO – Um Projeto de Cidadania, Educação e Cultura em Rio das Ostras.
Alameda Casimiro de Abreu , n° 292, 3º andar, sala 02 - Bairro Nova Esperança - centro
Rio das Ostras
Tel.: (22) 2771-8256 e Cel  9807-3974
E-mail:
cepro.rj@gmail.com
Blog:
http://cepro-rj.blogspot.com/
Twitter:
http://www.twitter.com/CEPRO_RJ 

Nenhum comentário: