quinta-feira, 19 de junho de 2014

Brasil entra em campo

Ativistas protestam em Bonn e pedem comprometimento de ministros de Meio Ambiente com energias renováveis e redução de gases do efeito estufa (©Bern Arnold/Greenpeace)

O evento mais esperado do ano – obviamente, depois das reuniões dos Órgãos Subsidiários de Implementação da Conferência do Clima da ONU em Bonn, na Alemanha – finalmente chegou. Ontem tivemos a abertura da Copa do Mundo e a primeira vitória do Brasil em campo.

É inegável que este é um momento em que grande parte dos olhos do mundo se voltam para o Brasil e para uma das mais conhecidas seleções. No entanto, não é apenas o que rola em campo que interessa. Em Bonn, os negociadores que vem discutindo o tema das mudanças climáticas desde a semana passada desejam saber o que o país tem feito para controlar suas emissões de gases do efeito estufa.

Historicamente, o desmatamento foi a principal fonte de emissões, mas o cenário brasileiro mudou. Setores como energia e agropecuária estão aumentando sua participação no total de emissões, demonstrando que não basta se comprometer com apenas uma das fontes, mas, sim, que o Brasil precisa de metas ambiciosas para diminuir as emissões em todos os setores.

Voltando ao futebol: assim como apenas um jogador excepcional não fará o Brasil ganhar a Copa do Mundo, não basta diminuir o desmatamento na última década para se tornar um ‘campeão do clima’. Entre 1990 e 2012, as emissões do setor de energia além de terem mais do que dobrado também foram as que mais cresceram. E enquanto isso, o país continua privilegiando fontes fósseis e sujas de energia que recebem a maior parte dos investimentos no setor ao invés de direcionar seus esforços para um futuro limpo e renovável.

O trabalho para combater o desmatamento precisa continuar sendo feito, mas ao mesmo tempo em que outras medidas são tomadas em todos os setores. Como a sétima maior economia do mundo, o Brasil pode e deve assumir um compromisso ambicioso e liderar as discussões sobre as mudanças climáticas.

Fonte: greenpeace.org.br


CEPRO – Um Projeto de Cidadania, Educação e Cultura em Rio das Ostras.
Alameda Casimiro de Abreu, 292, Bairro Nova Esperança - centro
Rio das Ostras
Tel.: (22) 2771-8256 e Cel.:(22)9966-9436
E-mail: cepro.rj@gmail.com  
Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

 
 

Nenhum comentário: