segunda-feira, 16 de junho de 2014

1 milhão pelas florestas


Hoje a sociedade civil alcançou uma marca muito importante: 1 milhão de assinaturas pedindo o fim do desmatamento no Brasil. Esse marco é um sinal de que o povo quer mudanças, inclusive no que diz respeito às questões ambientais. 

Há cerca de 2 anos, dentro do navio Rainbow Warrior, no coração da floresta Amazônica, a campanha era lançada. Estavam presentes políticos, organizações não governamentais, representantes da sociedade civil e lideranças que lutam contra o desmatamento das nossas florestas.

A partir de então o movimento pela aprovação de uma lei de iniciativa popular pelo fim do desmatamento vem crescendo significativamente.

Se fosse um país, a Amazônia Legal seria o 6º maior do mundo em extensão territorial – para se ter uma ideia, seus rios representam cerca de 20% da água doce do planeta. Porém, infelizmente essa importante floresta sofre diversos tipos de pressão. Perdemos nos últimos 50 anos uma área de mais de 720.000 km² de floresta, o que equivale aos estados de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul juntos.

Apesar da queda recente do desmatamento na Amazônia legal, ainda se derruba cerca de 500 mil hectares de floresta por ano. Esses números são inaceitáveis, mesmo porque já existem muitas terras abertas que podem e devem ser melhor aproveitadas. Além disso, não se pode esquecer que as florestas prestam diversos serviços ambientais que contribuem para o equilíbrio natural do planeta, ou seja, ao desmatar também colocamos nosso futuro em risco.

Ou seja, o caminho a trilhar para zerar essa conta e acabar com os problemas na floresta ainda não acabou.

Por isso, é importante que todos continuem ajudando a somar mais assinaturas pelo projeto de lei de iniciativa popular para que a proposta ganhe cada vez mais força. 

Quem ainda não se mobilizou pode começar agora, divulgando a campanha nas redes sociais e fazendo a coleta de assinaturas off-line. Quanto mais gente no movimento pelo Desmatamento Zero mais rápido o transformaremos em realidade.  

Saiba como se mobilizar aqui.

Compartilhe a petição: www.ligadasflorestas.org.br

Fonte: greenpeace.org.br


CEPRO – Um Projeto de Cidadania, Educação e Cultura em Rio das Ostras.
Alameda Casimiro de Abreu, 292, Bairro Nova Esperança - centro

Rio das Ostras

Tel.: (22) 2771-8256 e Cel.:(22)9966-9436

E-mail: cepro.rj@gmail.com  

Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

 
 

Nenhum comentário: