sexta-feira, 22 de junho de 2012

Catadores do lixão de Gramacho, fechado este mês, vão ganhar polo de reciclagem


Agência Brasil

O secretário estadual do Ambiente do Rio de Janeiro, Carlos Minc, assinou hoje (22) convênio com a Secretaria Nacional de Economia Solidária, do Ministério do Trabalho e Emprego (Senaes/MTE), no valor de R$ 9.285.582,56 para a construção do projeto de Inclusão Socioprodutiva dos Catadores do Rio de Janeiro.

No evento, realizado no Museu de Arte Moderna, no Aterro do Flamengo, zona sul do da capital fluminense, o secretário assinou também um termo de compromisso com a Fundação Banco do Brasil e o Banco Nacional de Desenvolvimento para a criação do Polo de Reciclagem de Gramacho, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense.

O terreno para abrigar o polo, cedido pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para ser utilizado durante 20 anos, tem uma área de 41.000 metros quadrados.

A iniciativa atende reivindicação dos antigos catadores do Aterro Sanitário de Gramacho, que foi fechado pela prefeitura do Rio, no último dia (3), após 34 anos de funcionamento. A população que vivia em torno do lixão inspirou, entre outras obras, os documentários Lixo Extraordinário, que concorreu ao Oscar da categoria, e Estamira, além do livro fotográfico Jardim Gramacho.

De acordo com o secretário do Ambiente, além de R$ 1,5 milhão obtidos pelo órgão, a Refinaria de Duque de Caxias (Reduc) vai investir R$ 3 milhões, por meio da Petrobras, para a construção do polo. "Poderia se aplicar isso a outras empresas, como uma orientação de governo, para que as nossas empresas doassem seus lixos, separados, para os vários polos de reciclagem que vamos fazer no estado do Rio e, acredito, no país inteiro depois", disse.

Ainda segundo Carlos Minc, com esse investimento, os catadores de Gramacho vão poder se especializar e trabalhar nos galpões, centros de triagem e coleta seletiva. "Todos os lugares têm que ter alternativa digna para os catadores e catadoras terem uma vida boa, para serem respeitados por tudo que fazem para reciclar, não só o lixo, mas as ideias do nosso país", ressaltou.

Para o presidente da associação dos catadores de Jardim Gramacho, Sebastião Santos, o acordo vai possibilitar que o bairro passe por uma reestruturação. "O dia de hoje significa um avanço no que se trata da inclusão socioeconômica dos catadores. Agora, com essa constatação da segunda etapa, é começar a fechar o ciclo do que realmente é sustentabilidade do Jardim Gramacho”, argumentou.


CEPRO – Um Projeto de Cidadania, Educação e Cultura em Rio das Ostras.
Alameda Casimiro de Abreu , n° 292, 3º andar, sala 02 - Bairro Nova Esperança - centro
Rio das Ostras
Tel.: (22) 2760-6238 e Cel.:(22)9966-9436
E-mail: cepro.rj@gmail.com
Blog: http://cepro-rj.blogspot.com/

Comunidade no Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=55263085
Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ 

Nenhum comentário:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2022-2025

    EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2022-2025   ...