sábado, 24 de julho de 2010

GUSTAV MAHLER:A CANÇÃO DA TERRA


Neste ano comemora-se os 150 anos de nascimento de um dos mais destacados regentes e compositores do século XX. Gustav Mahler nasceu no pequeno burgo de Kalischt, na região da Boêmia, em 07 de julho de 1860. Era austríaco de descendência judia.

Atualmente, sua fama se deve mais ao seu lado de compositor. No entanto, no início do século passado teve grande reconhecimento como regente. Chegou a ser considerado como o maior entre todos.

Mahler é lembrado por ligar a música do século XIX com o período moderno, sendo um típico representante dessa transição.

Sua obra é bastante apreciada, em especial suas grandes sinfonias e ciclos de canções sinfônicas como, por exemplo, Das Lied von der Erde – a bem conhecida Canção da Terra.

Mahler é considerado também um grande orquestrador, combinando instrumentos e timbres que expressam suas intuições de modo especialmente criativo e profundo. Procurou romper com os limites da tonalidade, prenunciando uma época que colocaria em xeque a tradição tonal dos séculos anteriores.

Suas sinfonias são geralmente extensas e com orquestração variada e original. Outra característica marcante de sua obra é um certo clima sombrio, algumas vezes ligado ao funesto, mas não necessariamente pessimista.

Mahler obteve sem diploma no Conservatório de Viena em julho de 1878, aos 18 anos. Desde jovem recebeu inúmeros prêmios.

Alem de música, Mahler estudou Literatura e Filosofia para completar sua formação intelectual. Relacionou-se com o círculo seleto de músicos de sua época, entre os quais Richard Wagner e Anton Bruchner. Sua obra teve grande influência em compositores como Shöenberg, Webern e Berg e em regentes como Bruno Walter e Otto Klemperer. Influenciou também outro grande compositor e regente, Richard Strauss.

Sua obra é complexa, suas sinfonias são monumentais, que totalizam dez, sendo a última incompleta. Compôs ainda ciclos de canções marcantes.

Gustav Mahler morreu, em Viena, em 18 de maio de 1911, deixando um legado artístico incomensurável.

O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – tendo nas Artes um dos seus pilares, se incorpora às homenagens que o mundo vem prestando a Gustav Mahler, que será lembrado como um dos maiores regentes e compositores de todos os tempos.

Diretoria do CEPRO


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras

Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ  



Nenhum comentário:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2022-2025

    EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2022-2025   ...