quinta-feira, 11 de novembro de 2010

NOEL ROSA – O FEITIÇO DO SAMBA – 100 ANOS



Noel de Medeiros Rosa ou, simplesmente, Noel Rosa, como ficou conhecido, nasceu no Rio de Janeiro e completaria 100 anos no dia 11 de dezembro de 2010.

Veio ao mundo em parto difícil, o que obrigou médicos a utilizar fórceps para ajudar, causando lesão no queixo, que o acompanhou por toda a vida.

Sua vida foi marcada por outras dificuldades. Magro e debilitado de saúde, era motivo de preocupação de sua mãe, dona Marta. Foi aprovado na faculdade de medicina, mas não concluiu seus estudos.

Noel Rosa era ainda tímido e recatado, talvez devido a sua marca de nascença, que lhe trazia dificuldades no relacionamento.

Tinha também problemas financeiros, vivendo às custa de uns poucos recursos advindos de suas composições e do auxílio de sua mãe. No entanto, tudo era gasto com a boêmia, com as bebidas e, como diziam, com as mulheres. Tudo isso acelerou seu adoecimento, o levando à morte por tuberculose, doença muito temida à época.

Talvez, por todas essas dificuldades - nasceu um homem franzino e desajeitado - uma outra marca o fez superá-las e entrar para a história da música popular brasileira: a marca do seu gênio!

Suas músicas revelam esse traço sendo também propenso a polêmicas musicais como aquela travada com outro grande sambista da época, Wilson Batista.

A lista de sua produção é vasta, sendo algumas imorredouras: As pastorinhas, Com que roupa, Feitiço da Vila, Feitio de oração, Fita amarela, Palpite infeliz, Pierrô apaixonado, Três apitos e muitas outras.

Noel Rosa foi artista de múltiplas facetas: poeta, músico, instrumentista e cronista. Marcou sua época, chegando sem legado artístico até os dias atuais. Noel morreu, precocemente, no Rio de Janeiro, em 04 de maio de 1937, com 26 anos.

O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – não poderia deixar de registrar a merecida homenagem pelo seu centenário de nascimento.


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras

Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ  


Nenhum comentário: