quinta-feira, 10 de março de 2011

10 IDÉIAS PARA UMA VIDA MAIS SUSTENTÁVEL

O ano de 2011 começou e, além de se comemorar os novos tempos, um bom início será também começar a por em prática ações com vista a uma vida melhor para todos ou, em outros termos, mais sustentável.

A seguir, alguns caminhos que podem ajudar a transformar nosso cotidiano numa época mais saudável.

1. Resistir ao consumismo

Na chamada “sociedade de consumo”, escapar da tentação de possuir e acumular bens e produtos sem limites é tarefa necessária e urgente. Por exemplo, comprar de maneira compulsiva roupas e mesmo alimentos além do desperdício, avolumando o lixo urbano, é pratica antieconômica, pois aumenta as despesas domésticas.

2. Gastar menos energia

Outra tarefa importante é consumir menos energia e de forma mais racional. Aparelhos de ar condicionado, chuveiros elétricos, ferro de passar são os maiores vilões. A chave está na forma de utilização: escolher marcas de melhor rendimento, diminuir o tempo de uso, substituir sistemas e equipamentos (por exemplo, chuveiro elétrico por a gás) etc.

3. Armazenar água da chuva

Embora ainda não generalizada, essa prática encontra cada vez mais adeptos. Em região tão abundante de chuvas, nada mais natural que armazenar para reaproveitar.Desde pequenos baldes até reservatórios maiores. Não esquecer de os manter fechados.E quanto ao uso, vai desde molhar plantas a lavar roupas e partes da casas, dentre outros fins.

4. Lavar roupa com menos química

Além do gasto inerente de energia, as máquinas de lavar trazem outro problema: a química muito poluidora dos solventes utilizados. O uso de sabão mais adequado evitará maior impacto ao meio ambiente, em especial nas lavagens a seco.

5. Escolher fósforos a isqueiros

Dentre os muitos poluidores que se acumulam nos lixões das cidades, encontram-se os isqueiros. São centenas de milhões deles, ano após ano. Além da embalagem plástica, o isqueiro contém o fluido butano, outro poluente. Devemos preferir os fósforos de papelão aos de madeira, pois estes vêm de árvores, que devem ser preservadas.

6. Reciclar utensílios domésticos

Após a compra de um novo utensílio, é prática comum se desvencilhar do antigo. Mais salutar e econômico é participar de um troca-troca, seja entre pessoas nossas conhecidas, seja por meio da internet.Trata-se de um comportamento que vem tomando força entre nós.

7. Preservar madeiras em extinção

Entre os produtos domésticos que são mais freqüentemente comprados, estão os móveis de madeira. Neste caso, importa conhecer aquelas que estão em riscos de extinção para não serem compradas e assim ajudar a preservá-las.

8. Redecorar antes de comprar

Um desejo recorrente é o de renovar o visual da casa e daí o de refazer o seu interior. Antes, costuma ser mais econômico e de melhor resultado mudar a decoração, incluindo nova pintura. O orçamento será menor e o trabalho, se feito pelo próprio, um interessante passatempo.

9. Usar carro de forma racional

Há quem utilize o carro para comprar o jornal na esquina. Além do trânsito caótico, o aumento crescente de carros é fonte de estresse e adoecimento também crescentes. Sem falar da alta carga dos gases poluentes e letais. Assim, quando possível, é mais salutar deixar o carro na garagem e praticar um exercício. Será melhor para a saúde e o bolso. Trocar por um combustível menos poluentes será igualmente desejável.

10. Praticar carona solidária

Outra prática saudável pode ser adquirida com a carona solidária, em especial nas grandes cidades. Seja dividindo o taxi, seja o carro próprio. Com um vizinho ou um colega de trabalho. Além de diminuir o fluxo do trânsito, diminui a poluição. Pode ser também uma forma a mais de sociabilidade em favor do companheirismo ou de uma nova amizade.

Diretoria do CEPRO


CEPRO – Um Projeto de Cidadania, Educação e Cultura em Rio das Ostras.

Avenida das Flores, n° 394 - Bairro Residencial Praia Âncora
Rio das Ostras
Tel.: (22) 2760-6238 e Cel.:(22)9966-9436
E-mail: cepro.rj@gmail.com
Blog: http://cepro-rj.blogspot.com/

Comunidade no Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=55263085
Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

Nenhum comentário: