sexta-feira, 3 de abril de 2009

O Teatro




No ano que comemoramos o centenário de um dos mais importantes e belos teatros do mundo, o Teatro Municipal do Rio de Janeiro, não podemos deixar de lembrar dois importantes fatos referentes a uma das formas mais antigas de representação do cotidiano já criada pelo homem – o teatro.
Neste último dia 27 de março, no Brasil e em todo o mundo, foi comemorado o Dia Mundial do Teatro. Diversos espetáculos teatrais, encontros e eventos celebraram essa arte, ressaltando seu significado e sua importância. O Dia Mundial do Teatro foi criado, em 1961, pelo Instituto Internacional de Teatro (ITI), uma instituição ligada à Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).
O teatro, que nasceu na Grécia há mais de 2.500 anos, teve como primeiros gêneros de representação, a tragédia e a comédia. A civilização grega produziu obras de valor permanente, que fazem parte da nossa cultura e são representadas até hoje. Ésquilo, Sófocles e Eurípedes são considerados os maiores autores da tragédia grega. A famosa “Édipo rei”, de Sófocles, é um belo exemplo de tragédia, em que um personagem luta contra seu próprio destino. O mais conhecido autor de comédias da Antigüidade é Aristófanes. Dentre inúmeras peças produzidas por ele, podemos destacar A revolução das mulheres, uma sátira aos costumes políticos e às diferenças entre os sexos.
Outro gênero teatral muito difundido é o drama, que nasceu no século XVIII, na França. O drama leva ao palco situações cotidianas e conflitos de pessoas comuns.
No Brasil, o teatro sempre teve dramaturgos talentosos. No século XIX, a comédia de costumes retratou com graça a sociedade brasileira da época, na obra de autores como Martins Pena e Artur Azevedo.
No século XX, Nelson Rodrigues, um dos maiores dramaturgos de nosso teatro, conseguiu retratar com perfeição a sociedade conservadora e suas formas de burlar esse controle, em peças como “Vestido de noiva”, “Bonitinha, mas ordinária” e muitas outras. Dias Gomes, Zé Celso, Augusto Boal e muitos outros produziram verdadeiras obras-primas, auxiliados por atores do mais grosso calibre como Fernanda Montenegro, Gianfrancesco Guarnieri e Paulo Autran.
Existem também formas de representação não verbalizadas, presentes em diversas culturas ao longo do planeta, como a dança, as formas de expressão relacionadas ao corpo, o teatro kabuki no Japão e o teatro de sombras da China.
O teatro é uma experiência marcante, humana e reveladora. O palco é o lugar onde nos reconhecemos. Não é por outro motivo que Shakespeare aconselhou seus atores a não perderem a simplicidade:
Pois tudo que é forçado deturpa o intuito da representação, cuja finalidade é exibir um espelho à natureza: mostrar à virtude sua própria expressão; ao ridículo sua própria imagem e a cada época e geração sua forma e efígie" (Hamlet, Ato 3, cena 2).
O teatro lida com emoções, colocadas num palco diante de nós. Chamamos de teatro as obras de arte criadas para serem representadas num palco por atores. Os atores emprestam o corpo e a voz para viver os personagens criados pelos autores. Os autores de teatro, por sua vez, são chamados de teatrólogos ou dramaturgos.
Um desses teatrólogos, o brasileiro Augusto Boal, foi nomeado Embaixador Mundial do Teatro pela UNESCO, em cerimônia realizada na Maison Fontenoy, em Paris, no último dia 25 de março.
O evento contou com a participação de diversos membros do ITI, do qual o Brasil faz parte.

O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – valoriza todas as formas de arte e parabeniza o diligente dramaturgo Augusto Boal, importante idealizador do Teatro do Oprimido e da democratização das produções teatrais no Brasil.
Esperemos agora pela reabertura do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e bom espetáculo.




CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras
Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Residencial Praia Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
E-mail: cepro.rj@gmail.com
Blog: http://cepro-rj.blogspot.com/

CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras

Nenhum comentário:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2022-2025

    EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2022-2025   ...