quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Investimentos em eficiência energética passam de US$ 300 bilhões


Agência Internacional de Energia afirma que o mundo já gasta tanto em medidas de eficiência quanto em geração elétrica por fontes renováveis e combustíveis fósseis.
 
Entre 2005 e 2010, iniciativas como padrões de consumo de eletricidade em prédios públicos, selos em aparelhos eletrônicos e melhorias em redes de transmissão resultaram na economia de US$ 420 bilhões que seriam gastos em petróleo por apenas 11 países.

Essa é uma das informações que apresenta o primeiro relatório Mercado de Eficiência Energética, da Agência Internacional de Energia (AIE), divulgado nesta quarta-feira (16).

Segundo o documento, foram gastos mais de US$ 300 bilhões em 2011 em eficiência energética, o que a AIE classifica como uma quantia semelhante ao que é investido anualmente na geração de eletricidade por renováveis ou fósseis.

graficoeficiencia 300x176 Investimentos em eficiência energética passam de US$ 300 bilhões 

“Eficiência energética tem sido chamada de ‘combustível invísivel’, mas está na realidade em plena vista. O investimento global em eficiência e a economia resultante dele são tão imensos que nos obrigam a perguntar: a eficiência energética é mesmo somente o combustível invísivel ou seria na verdade o principal combustível do planeta?”, afirmou Maria van der Hoeven, diretora executiva da AIE.

O relatório é centrado nos impactos de medidas de eficiência em 11 países desenvolvidos: Alemanha, Austrália, Dinamarca, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Itália, Japão, Suécia e Reino Unido.
Desde a década de 1970, quando essas ações ganharam força devido a crise de petróleo, tecnologias de eficiência energética teriam evitado o consumo de 32 bilhões de barris.

Com a evolução dessas tecnologias, em 2010 a eficiência energética teria evitado o consumo de 63 exajoules (EJ), enquanto o petróleo forneceu 43 EJ e o gás natural e eletricidade cerca de 22 EJ cada.
O Japão aparece como o líder mundial em eficiência. Os consumidores japoneses economizam anualmente mais de US$ 3 bilhões graças à iluminação, veículos e equipamentos especialmente projetados para funcionarem com o mínimo de energia.

Nos Estados Unidos, as geradoras e distribuidoras vem aumentando seus programas de relacionamento e conscientização dos consumidores, em 2000 foram US$ 1 bilhão investidos, valor que saltou para US$ 7 bilhões em 2011.

“O mais limpo megawatt-hora será sempre aquele que nunca utilizamos, e o mais seguro barril de petróleo aquele que nunca queimamos”, destacou van der Hoeven.

A AIE afirmou estar agora trabalhando para ajudar os países a entenderam os benefícios de medidas de eficiência energética. O relatório aponta que existem ganhos em termos de criação de postos de trabalho, de diminuição dos preços nas contas, na competitividade empresarial e até na saúde pública.

“Oportunidades em eficiência formam uma constelação interligada – há ganhos para serem conseguidos em transportes, indústria, construção civil etc. Estamos apenas começando a compreender o quanto podemos lucrar com mais inteligência no uso da energia”, concluiu a diretora executiva da AIE.



CEPRO – Um Projeto de Cidadania, Educação e Cultura em Rio das Ostras.
Alameda Casimiro de Abreu , n° 292, 3º andar, sala 02 - Bairro Nova Esperança - centro
Rio das Ostras
Tel.: (22) 2771-8256 e Cel  9807-3974
E-mail:
cepro.rj@gmail.com
Blog:
http://cepro-rj.blogspot.com/

Comunidade no Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=55263085
Twitter:
http://www.twitter.com/CEPRO_RJ 

Nenhum comentário:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2022-2025

    EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2022-2025   ...